skip to Main Content

A importância da Criança

Ser Criança é uma das melhores coisas da vida. É ver o mundo de uma forma diferente. Ver as pessoas tal como elas são. É brincar sem medo de estar a ser ofensivo, de ser acusado de discriminação ou de estar a ser incorreto. É ver a beleza nas pequenas coisas. É conseguir dar amor sem esperar nada em troca. É fazer muito com pouco.

O poder de uma Criança é enorme. Elas tocam-nos no coração, fazem-nos sentir humanos, especiais. São capazes de mover multidões e mobilizar sentimentos em prol de uma causa.

Uma Criança deve ser tratada com amor e carinho. Não podemos, enquanto pais, família, amigos, tratar uma Criança como se fosse um adulto. Pedir-lhes que façam algo que não lhes compete fazer. Jogar com as suas emoções como muitas vezes os adultos fazem. Para uma Criança uma promessa é algo forte, é para ser cumprido. Mentir a uma Criança é dar-lhe um mau exemplo, que mais tarde poderão pôr em prática.

Uma Criança deve ser protegida. Nós, enquanto pais temos o dever e a obrigação de proteger os nossos Filhos. Mesmo com a nossa própria vida, se tal extremo se proporcionar. A vida de uma Criança é tão especial e preciosa que temos de a valorizar acima de tudo. Coloca-la sempre em primeiro lugar. É nossa missão deixar a Criança crescer, seguir o seu caminho, ser homem, mulher, pai, mãe.

Devemos instruir cada Criança com todo o nosso conhecimento, com os nossos valores, fazendo a distinção entre o bem e o mal, o que é certo e o que é errado. E mesmo quando não sabemos se estamos no caminho certo devemos ter consciência de que pelo menos estamos a dar o melhor de nós.

A Setlife, muito antes de ser uma empresa direcionada para Crianças, é acima de tudo uma família. Somos pais, temos dois filhotes que amamos mais que tudo. Sabemos que existe mal no mundo, mas fazemos tudo para que esse mal não entre na nossa casa e ameace os nossos tesouros. Mimamos o mais que pudemos e enquanto pudemos. Mas com isto não quer dizer que deixamos os nossos filhos fazerem tudo o que querem.  Por vezes temos de tomar decisões difíceis, tal como pô-los de castigo quando se portam mal. Nessas alturas sentimo-nos os piores pais do mundo, mas sabemos que é para o bem deles.

Quando vemos nas notícias casos como o da pequena Valentina, somos acordados para uma realidade brutal. Realidade que é esta: vivemos rodeados de monstros que estão disfarçados de pessoas. Monstros que vivem apenas para o seu egoísmo e para o desdém ao próximo. Que tratam as pessoas e especialmente as Crianças como objetos que podem ser descartados. Monstros que mentem, manipulam, matam. Que se fazem passar por amigos, coitadinhos, só para obterem compaixão e depois disferirem um golpe frio e mortal.

A Valentina não merecia ter conhecido tais monstros, tal como muitas outras Crianças têm a infelicidade de conhecer. O seu cruel destino é tão grande como o desespero em que ficaram as pessoas que a realmente amavam e queriam o seu bem.

Estamos a escrever este texto, com as lágrimas a escorrerem no nosso rosto, porque estamos de luto. Luto por cada uma das Crianças que sofrem e sofreram atrocidades inimagináveis. Já sabíamos que a Vida não é fácil, mas poderia e devia ser mais justa.

Queremos deixar a nossa homenagem à Valentina e a todas as outras Crianças do mundo, os Heróis da nossa Vida.

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back To Top